4 de nov de 2010

DEPUTADOS INSANOS

 

Como se não fosse desesperadamente enfadonha e até mesmo vergonhosa campanha politica, tomamos conhecimento que os srs. deputados querem acabar com o registro de nomes estangeiros nos cidadãos brasileiros, alegação é que pode ser constrangedor, concordo, tem cada um…,  porque não disciplinar os cartorios de registro? eles sim tem por obrigação de orientar e ate mesmo recusar registrar pessoas (nomes) que possam ser ridicularizadas no futuro, visto o volume de dinheiro capitalizado diariamente, esse seria um serviço social dos cartorios .

O que os srs. deputados deveriam fazer urgentemente é acabar com a importação de frases, verbetes, palavras, termos tecnicos agregados aos produtos que compramos dentro do territorio nacional, ex; computadores, maquinas fotograficas, telefones moveis (celulares), aparelhos hospitalares, cds (discos compactos) etc. etc. etc… Nos paises de primeiro mundo ou que se respeitam, esse fato não ocorre, Portugal é um belo exemplo, França tem ate o teclado alterado para o seu sistema.

Nos vamos ser americanizados ate quando?

Nunca vamos tomar vergonha?

Vamos ser eternos COPIÕES do “patrão”?

Não temos nenhuma obrigação de falar ler e escrever ingles ou outro idioma qualquer que seja, alem do nosso mutante portugues, que ja deveria ter o nome de  LINGUA BRASILEIRA,  podemos por OPÇÃO estudar ou simplesmente praticar outros idiomas,  jamais por IMPOSIÇÃO.

Aos ARCHIBALDOS, ARISTOSTELES, PTOLOMEUS, NEPOMUCENOS, UESLEYS, CHIRLEYS, enfim qualquer nome,  meu  mais profundo respeito,  nomes não fazem uma NAÇÃO, o idioma SIM.

Nenhum comentário:

Postar um comentário